Arquivo do blog

por Suelen Castilho. Tecnologia do Blogger.

Você

Sempre que você vem aqui
Encaixa um sorriso em mim
Joga pra longe a tristeza
E traz dois ou três passos para assim flutuar

Sempre que você passa por aqui
Deixa conversas e assuntos
Traz pra bem perto o desejo
De dois abraços que precisam se encontrar

Não se vê, não se vá.

Num voo rasante a águia cortou o céu azul. Procurando novos rumos, ela saiu livre. Atravessou a nuvem que descansava na imensidão da cor do mar e ecoou seu canto. Tão alto que era possível ouvir em qualquer parte da cidade. Um canto que misturava melodias. Era poesia. Desbravou o horizonte que antes parecia não existir e se libertou de todas as suas angústias.

E...

Dos amores lunáticos
Ela só queria um que
pudesse sentir os pés no chão.

Infinito


Deixe que o seu coração se aproxime do meu
Que os nossos corpos se entrelacem
Assim como nossas almas.


Contraste


Sorri pra espantar as dores de um dia vazio
Não que ele fosse verdadeiro, nem que tivesse razão
Mas fingir sempre pareceu mais fácil do que encarar a verdade
Ninguém nunca diferenciaria, como nunca diferenciou.
Apenas me sorriram de volta
E despejaram as cores do seu mundo cão.